sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Mulheres: grandes empreendedoras

Oi amores,

A Keila Miranda da Kompleta (LINK DIRETO), me enviou uma matéria super inspiradora para nos mulheres, que além de sermos mães, donas de casa, hoje também podemos ser grandes empresárias.

Vamos ver um pouquinho mais?

" O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apresentou no mês de maio/2014, o estudo “As Mulheres Empreendedoras no Brasil”, mostrando o perfil comparativo das mulheres e homens que possuem o próprio negócio. Os dados coletados entre 2001 e 2011 revelam que o número de mulheres empreendedoras aumentou 21%, enquanto os homens, 10%. Estamos vivendo um momento em que o número de mulheres inseridas no mercado de trabalho tem crescido consideravelmente e o cenário são elas administrando o seu próprio negócio. O resultado dessa evolução aparece na pesquisa realizada pelo Sebrae, apontando que há mais mulheres empreendedoras do que homens, principalmente na região sudeste. Mesmo com menos tempo na atividade atual, a maioria delas está há mais de 5 anos no mercado empreendedor, com presença maior nos setores de serviços e comércio. No período pesquisado, revelou que elas contribuíram para o rendimento médio real (acima da inflação), crescendo 41%, 4% a mais que os homens. A pesquisa mostra que 75% das mulheres empreendedoras começou a trabalhar antes dos 18 anos, como é o caso da Bruna Alves (28), proprietária da loja Chic Baby e Kids. Mãe de duas crianças, Bruna se interessou pelo universo infantil. Percebeu que muitas mães procuraram por lojas que vendessem roupas diferenciadas para esse público. “A loja foi toda criada e desenvolvida primeiramente na minha cabeça. Busquei os profissionais certos, para dar vida em cada detalhe do meu sonho. Ela é o resultado de minhas buscas como mãe e consumidora”, disse. A empresária Carmem Stoppa (45) está entre as 25% das empreendedoras que trabalham mais de 45 horas por semana. Franqueada da grife Jorge Bischoff em Uberlândia/MG e outras duas nas cidades de Ribeirão Preto/SP e São José do Rio Preto/SP, trabalha 11 horas por dia, de segunda a sábado. “Logicamente que não é um trabalho fácil, porém é prazeroso. Como não tenho filhos fica mais fácil administrar a vida pessoal e profissional”, afirma Carmem. O Brasil está entre os 54 países que possui o maior número de empreendedoras. Em sua maioria, buscam flexibilidade, independência e qualidade de vida."

E aí amores, tinham alguma dúvida que podemos ser donas do nosso próprio negócio? Agora não resta mais nenhuma dúvida, podemos sim, idealizar e realizar.

Beijinhos e até o próximo post.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário